agencia

Notícias

Quinta-feira, 30/04/2015 - 11h33

Prefeitura apresenta projeto paisagístico da Avenida Leste Oeste a empresários do Cohatrac

A Prefeitura de São Luís, por meio do Instituto Municipal da Paisagem Urbana (Impur), reuniu nesta quarta-feira (29) empresários das regiões da Cohab e Cohatrac para apresentação do projeto de readequação paisagística da Avenida Leste Oeste no bairro do Cohatrac. A reunião ocorreu no auditório da pa

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Prefeitura apresenta projeto de readequação paisagística da Avenida Leste Oeste a empresários do CohatracA Prefeitura de São Luís, por meio do Instituto Municipal da Paisagem Urbana (Impur), reuniu nesta quarta-feira (29) empresários das regiões da Cohab e Cohatrac para apresentação do projeto de readequação paisagística da Avenida Leste Oeste no bairro do Cohatrac. A reunião ocorreu no auditório da paróquia Nossa Senhora de Nazaré, no bairro do Cohatrac.

Para a madrinha do programa "São Luís, Cidade Jardim" e primeira-dama do Município, Camila Braga, a adesão da comunidade e dos empresários locais ao programa indica a disposição da sociedade civil em participar do processo de revitalização urbanística de São Luís. "Ficamos felizes com o engajamento de mais parceiros a cada dia, o que contribui para que nossa cidade possa ter a paisagem urbana aperfeiçoada e se tornar mais bela a cada dia, com a colaboração e o envolvimento de todos", sinalizou Camila.

De acordo com o presidente do Impur, Luiz Carlos Borralho, a ação, que faz parte do programa "São Luís, Cidade Jardim", tem o objetivo de reordenar todo o corredor central da via, revitalizando o canteiro central. "Essa é uma ação que será feita em parceria com a comunidade e empresários que já estão na luta para a conservação de espaços públicos, a exemplo do canteiro da avenida", destaca.

Durante a apresentação, Borralho detalhou o quantitativo de árvores que será disponibilizado para a readequação do canteiro e o novo layout a ser implantado pela Prefeitura na área. "No total, serão plantadas 25 árvores de várias espécies, que serão protegidas por uma estrutura metálica que deverá receber o selo ou logomarca de cada adotante. Todo o canteiro também deverá receber manutenção além do meio, e reparo para o plantio", explicou.

As ações envolvem o eixo Jardim da Minha Empresa, que possibilita que as instituições adotem praças, canteiros centrais ou rotatórias, e tenham em contrapartida o "marketing socioambiental". O objetivo é que o "São Luís, Cidade Jardim" tenha até o final da gestão 20 rotatórias adotadas, 40 praças e 30 km de canteiro central em avenidas.

Celso Borges, empresário do ramo de Informática, firmou o compromisso de adotar 16 das 25 árvores que serão plantadas no canteiro, o que para ele representa responsabilidade social e ambiental. "Se cada um fizer a sua parte, certamente teremos um bairro mais verde e uma cidade mais bonita", disse o empresário.
A mobilização para a adesão dos empresários deverá ser intensificada. Logo após a adoção de todas as árvores do canteiro, a obra será iniciada com previsão ainda para a primeira quinzena de maio.


SOBRE O PROGRAMA
O macroprograma se divide em oito eixos de ação: Portais da Minha Cidade, Jardim da Minha Escola, Jardim da Minha Casa, Jardim da Minha Rua, Jardim da Minha Praia, Minha Calçada, Minha Árvore e Jardim da Minha Empresa. A ideia é desenvolver ações nos vários eixos, como implantar portais nas entradas e saídas da cidade, auxiliar a criação de jardins ecológicos nas escolas e incentivar a jardinagem doméstica.

O programa também trabalha a valorização de terras ociosas urbanas e periurbanas, com planejamento, conservação e manutenção da paisagem nas praças, avenidas, parques, canteiros, entre outros espaços públicos abertos da cidade.

Acesse aqui a galeria de imagens desta reportagem