agencia

Notícias

Atualizado em 28/04/2014 às 11h33

Prefeitura participa de capacitação sobre gestão de risco e desastre

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Superintendente da Defesa Civil Municipal, Elitânia Barros, afirmou que o curso auxilia na elaboração dos planos de contingênciaA Prefeitura de São Luís, através da Defesa Civil Municipal, participou de terça (22) a quinta-feira (24), na sede do Corpo de Bombeiros, do Curso de Atualização em Gestão de Riscos de Desastres, promovido pela Secretaria Nacional de Defesa Civil em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

O curso abordou questões como a identificação de situações de riscos e melhoria do planejamento e execução das ações voltadas para prevenção. Mais de dez municípios participaram da capacitação que também debateu medidas adotadas em âmbito internacional sobre o assunto. A presença de representantes de São Luís no evento segue diretriz da política de governo do prefeito Edivaldo Holanda Júnior na aplicação de medidas preventivas de segurança.

"Nós podemos acompanhar as melhores práticas desenvolvidas em outros países e no Brasil, assim vamos aprimorando os métodos de trabalho", explicou a superintendente da Defesa Civil de São Luís, Elitânia Barros.

Ela destacou que a Secretaria Nacional realiza anualmente capacitações para os estados e municípios, melhorando assim, a elaboração dos planos de contingência desenvolvidos nas cidades. Como exemplo, a superintendente da Defesa Civil citou o trabalho desenvolvido este ano na capital maranhense. Além de mapear as áreas de risco já existentes, foi realizado um levantamento dos locais que futuramente podem ser incluídos na classificação caso sejam habitados.

A técnica do PNUD, Ana Schwartz, que realiza as capacitações de alerta da agenda nacional de debates, destaca a necessidade de disseminação desse trabalho no país. "Nós trazemos informações já incorporadas pela política nacional da Defesa Civil, mas ainda não desenvolvidas em diversos municípios", informou.

De acordo com dados do Atlas Nacional de Desastres Naturais, o Brasil possui um nível considerável de riscos de desastres devido à crescente combinação de ameaças (especialmente seca, inundações e deslizamentos de terras). O país sofreu 30 mil desastres nos últimos 22 anos e a ocorrência se intensificou na última década.