agencia

Notícias

Terça-feira, 29/04/2014 - 17h14

Olimpíada de Língua Portuguesa encerra inscrições na quarta-feira, 30

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Ao todo, foram 82 inscrições da rede municipal de São Luís, somando 29 professores e 32 trabalhos de estudantes.As inscrições para a Olimpíada de Língua Portuguesa "Escrevendo o Futuro", de iniciativa do Ministério da Educação (MEC), encerram nesta quarta-feira (30), mas a organização do evento já registrou até esta terça-feira (29) a confirmação de 21 escolas municipais de São Luís. Ao todo, foram 82 inscrições da rede municipal de São Luís, somando 29 professores e 32 trabalhos de estudantes.

O secretário de Educação, Geraldo Castro, destacou que o prefeito Edivaldo Jr. tem investido na formação continuada dos profissionais do magistério, para que eles trabalhem no incentivo à produção intelectual junto ao corpo estudantil. "A gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior tem investido com afinco no estímulo à leitura, à produção literária e à qualificação de educadores", declarou o secretário.

A inscrição na Olimpíada de Língua Portuguesa é gratuita e deve ser feita pelo site www.escrevendoofuturo.org.br. Desde o dia 14 de abril, representantes das instituições da rede municipal têm participado de reuniões com equipes da Secretaria de Educação (Semed) e do Centro de Formação de Gestores, para tratar do regulamento e de outros detalhes da competição nacional.

Podem participar professores que lecionem em turmas do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental ou de programas de aceleração equivalentes a essa etapa do ensino, bem como professores do Ensino Médio. Cada professor inscrito deverá orientar seus educandos a produzir textos com o tema "O lugar onde vivo". O evento do MEC determina que os estudantes do 5º e 6º ano deverão escrever poemas; do 7º e 8º ano produzirão memórias literárias e do 9º ano irão elaborar crônicas.

Uma das instituições que já garantiu a participação no concurso é a Unidade de Ensino Básico (U.E.B.) Professor Rubem Teixeira Goulart. A gestora da unidade, Ana Célia Lopes, lembrou que em 2002 a escola teve seu melhor desempenho, com um trabalho classificado até a etapa nacional. Este ano, dois poemas e dois professores já foram inscritos e a expectativa é ainda mais otimista.

"Vamos nos empenhar porque, além dos prêmios, o que importa é o desenvolvimento dos nossos alunos, que têm capacidade de fazer um poema ou uma crônica tão bem como outro de qualquer escola, seja pública ou particular. Então, estamos apostando neles, incentivando", afirmou Ana Célia.

A primeira etapa da seleção será feita por comissões estabelecidas pela própria escola, que ficarão responsáveis pela classificação dos textos concorrentes. Haverá etapas municipais, estaduais e regionais. Os 500 estudantes e professores classificados nas etapas estaduais receberão, cada um, medalha e cupom para compra de livros.

Nas etapas regionais, que terão 152 classificados, a escola será homenageada com uma placa, e os estudantes e seus professores receberão, cada um, uma medalha e tablet. Já na última etapa, nacional, serão selecionados apenas 20 participantes. Os autores dos textos e seus professores serão contemplados, cada um, com medalha, notebook e impressora. Já a escola será premiada com dez computadores, impressora, projetor multimídia e telão para projeção e livros.

SOBRE A OLIMPÍADA

Com o tema "Escrevendo o Futuro", a Olimpíada tem o objetivo de contribuir para a melhoria do ensino da leitura e escrita nas escolas públicas brasileiras. Realizado sempre nos anos pares, o concurso premia produções textuais de estudantes de escolas públicas de todo o país. O evento é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) e da Fundação Itaú com a coordenação do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec). Outros parceiros do evento são o Conselho Nacional de Secretários da Educação (Consed), a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), o Canal Futura e as secretarias de Educação dos estados e municípios participantes.