agencia

Notícias

Domingo, 04/05/2014 - 16h29

Prefeitura participa de encontro nacional sobre Educação

A- A+ Tamanho da Letra
Da Redação - Agência São Luís

Evento será realizado de 5 a 8 de maio no hotel Luzeiros e contará com a presença do ministro da Educação, José Henrique PaimA partir desta segunda-feira (5), São Luís se tornará por quatro dias o pólo das discussões brasileiras e locais em educação. A capital maranhense foi escolhida para a reunião anual do Conselho Nacional de Educação (CNE) fora de Brasília, que será realizada até o dia 8 de maio no hotel Luzeiros, na Ponta do Farol. Além dos membros do conselho - entre eles o presidente José Fernandes de Lima – a abertura do evento terá a presença do ministro da Educação, José Henrique Paim.

A organização, em São Luís, é fruto de uma articulação entre a Secretaria Municipal de Educação (Semed) e a Secretaria de Estado da Educação (Seduc). A realização do encontro em São Luís e as iniciativas de articulação necessárias seguem a política do prefeito Edivaldo Holanda Júnior de colaboração e de engajamento nas principais pautas sociais do país.

"A reunião ordinária do Conselho Nacional de Educação em São Luís é resultado de um verdadeiro e autêntico regime de colaboração entre os três entes federados: o governo federal o estado e os municípios. Será uma oportunidade de, a partir da troca de experiências, melhorar a qualidade de nossa gestão", disse o secretário municipal de Educação, Geraldo Castro.

ARTICULAÇÕES

A vinda do CNE a São Luís trará para a cidade toda a pauta nacional da educação, ajudando a fortalecer os conselhos estaduais e municipais que atuam na área e as instituições de controle social como um todo. Na esfera municipal, São Luís foi o primeiro município maranhense a finalizar a confecção do documento, atualmente em versão preliminar para consulta pública. Atualmente, quase 200 cidades já deram início às discussões para montarem, elas próprias, esse documento.

"A pauta deste encontro está centrada no Plano Nacional de Educação e no alinhamento dele com os planos estaduais e municipais. Com a dimensão adequada de funcionamento e as metas e o alinhamento necessário estabelecidos, poderemos viver um novo momento de transformação na educação brasileira", disse o conselheiro do CNE e um dos principais articuladores da vinda da reunião para o Maranhão, Moacir Feitosa.

O presidente do Fórum Estadual de Educação, Fernando Fialho, destacou que o evento é resultado de associações e articulações que iniciaram desde 2011. "Hoje é um grande avanço e essa reunião é o reconhecimento de uma educação como política de estado, não só de governo", afirmou.

A programação segue até o dia 8 de maio. Os dois primeiros dias serão de encontros gerais com autoridades públicas e especialistas visando discutir as dificuldades para implementação do Plano Nacional de Educação. Nos dias 7 e 8 de maio, os participantes debaterão temas nas Câmaras de Educação Básica e na Câmara de Educação Superior. Temas como habilidades não cognitivas relevantes para o aprendizado, a situação de crianças e adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas e outras questões referentes à educação básica e superior, serão colocados em pauta para diálogo.